quinta-feira, 10 de novembro de 2016

A Saída é... Ficar


ANTONIAZZI, Alberto. A saída é... ficar. O conflito dos cristãos com a sociedade segundo a primeira epístola de Pedro. Estudos Bíblicos, 15, Petrópolis: Vozes, p.57-68, 1987.

por Carlos Rafael Pinto
Eis o tema do artigo: a crise e as saídas. Alberto Antoniazzi procura na primeira epístola de Pedro os indícios e traços de uma situação de crise e sofrimento das co-munidades. Conclui-se que a crise é permanente para o cristão. Ele sempre viverá em crise: conflito entre a sua esperança (o reino) e a sociedade imperfeita, injusta, desta terra (mundo). Ainda assim, o cristão não deve se iludir sobre a saída da crise, ao anular uma das duas: ou sua esperança no reino, ou seu engajamento na sociedade. O grande mérito da carta é lembrar a necessidade da “coragem dos mártires [martyría = testemunho] para permanecer nesta sociedade, não acomodados às suas injustiças, mas testemunhas da esperança” (p. 67).

Um comentário:

Anônimo disse...

A I ESPISTOLA DE PEDRO COMO BEM LEMBRADO EXORTA NO CAP I VS 15, A SANTIDADE.

ESSA PALAVRA ESTA' PASSANDO BEM LONGE DOS SEMINARISTAS CATOLICOS.

QUE TIPO DE PADRES ELES SERAO?

POR ISSO, DECLARO GUERRA AOS SEMINARISTAS.

EU TENTO SER MELHOR, MAS NAO TENHO POSE DE SANTO, PELO CONTRARIO.

SEI QUE VOU DAR UMA PASSADINHO NO INFERNO. PELO MENOS VOU ENCONTRAR LA' COM MUITOS SEMINARISTAS.

AHAHAHAHAHAHA.
QUERO VER O CAPETA, CHICOTEANDO O LOMBO DELES.