quinta-feira, 16 de junho de 2016

Efésios 5,8-14 - Uma leitura

Os capítulos 4 e 5 da carta aos Efésios apresentam dois temas fundamentais:

1. o Homem novo em Cristo (4,17-5,20)
2. passagem das trevas para a luz (5,3-20)

Em 4,21 encontramos a única vez que o nome de Jesus é empregado sozinho na carta. Indica a vida terrestre de Jesus, marcada pela humilhação da cruz.

O texto é marcado por muitas recomendações: 4,17 (não andeis mais); v.25 (abandoneis a mentira); v. 26 (irai-vos, mas não pequeis); v. 27 (nem deis lugar ao diabo); v.29 (não saia de vossos lábios nenhuma palavra inconveniente); v.30 (não entristeçais o Espírito Santo de Deus); v.32 (sede bondosos)

Reflita um pouco a beleza de 4,32!

No nosso texto: andai como filhos da luz; procurai discernir; não sejais participantes... ; desperta; levanta-te;

5,8. outrora: antes do batismo/ agora: no cristianismo; No Senhor: é Cristo, norma de vida, modelo, exemplo!

O v. 9. a justiça é ponto sempre lembrado no AT: retidão moral e cumprimento da Palavra de Deus. Os três substantivos juntos (bondade, justiça e verdade) mostram a imagem total do cristão perfeito.

Bondade é palavra rara no NT, esta é uma de 4 apenas;

O v. 10: discernir (dokimazo) não só com o entendimento, mas com o coração, com a vontade e com as obras. Investigar, escolher, aprovar.

O v. 11: não ser participante (sugkoinoneo), não entrar em comunhão com as obras daqueles que não seguem a Cristo, mas denunciá-los.

O v.13. a luz é o evangelho. Ele torna claro o que está oculto (kruphe, única vez no NT) e o que não presta.

O v.14. os que deixam as trevas do pecado são iluminados por Cristo. A palavra egeiro é muito significativa: o paralítico em Jo 5,8 levanta-se. Ela aparece em todos os textos da ressurreição (Mc 16,6; Mt 28,6; Lc 24,6) está em contraste com dormir. Fazer o que é infrutífero é o mesmo que habitar na morte. A segunda palavra é anasta. O filho pródigo se levanta e volta ao Pai (Lc 15) mudar de direção, tomar uma decisão.

Nenhum comentário: