quinta-feira, 7 de abril de 2016

O Conto Assombramento(Afonso Arinos) e o Novo Testamento

O presente artigo é um exercício exegético sobre o conto Assombramento, de Afonso Arinos. A partir de suas linhas, busca-se particularizar personagens, espaços e situações do conto a fim de se perceber o sabor da narrativa sertanista, seus impasses, psicologia e sentimentos. Em um segundo momento, a análise se detém na comparação da obra com os relatos da Paixão de Jesus presentes nos evangelhos do Novo Testamento. Tal comparação é pertinaz pela estreiteza com que as duas narrativas (Conto e Evangelhos) apresentam aos olhos de quem as lê. Acresce-se a isso, o fato de que um exercício como este tem estado ausente das análises que envolvem os contos de Arinos, oferecendo uma nova possibilidade de lê-los pelo viés de uma leitura bíblica que aqui não se propõe doutrinária, mas legitimamente literária e em diálogo com a agudeza do referido autor. Para dar conta dessas afirmações, autores como Tzvetan Todorov, Antonio Candido e Luiz Gonzaga Marchezan serão de grande relevância para as análises.

Leia o artigo completo aqui.

Nenhum comentário: