domingo, 13 de março de 2016

O Antigo Testamento


O sentido dos textos bíblicos nem sempre é de imediata compreensão. É necessária certa familiaridade com a linguagem, a cultura e a mentalidade do Oriente Médio antigo. Sem uma preparação adequada e um esforço necessário de compreensão, muitos desses textos permanecem obscuros. Por isso, o autor pretende oferecer um instrumento para a leitura deles, partindo de algumas perguntas muito simples: Que é o Antigo Testamento? Quem escreveu os livros da Bíblia? Quem foi encarregado de reuni-los? Quem fez a escolha deles e segundo quais critérios? Por que alguns livros ficaram de fora? Qual a ordem cronológica em que foram compostos? Biblista de renome, Jean-Louis Ska conclui essa viagem de descoberta do Antigo Testamento com as seguintes palavras: “Permanece, agora, uma única coisa a ser feita: escolher um volume, abri-lo, habituar-se com o seu perfume, com o seu rosto e a sua forma, para se fazer íntimo, como com um amigo. Cada livro é um mundo e um convite à aventura. Vale, também, para os livros bíblicos”.

Nenhum comentário: