domingo, 8 de março de 2015

Mulher

A mulher e a terra, o feminino e a descendência, a origem e a sobrevivência aparecem como elementos arquetípicos de diversas sociedades antigas, realçando as características da natureza que se vinculam a esse mesmo traço feminino. Tudo isso está próximo do que se pode entender das culturas antigas, onde a mulher estava essencialmente ligada à terra e à agricultura, sendo que os trabalhos referentes a essa esfera eram todos realizados por ela. Além disso, os assuntos da família e os problemas dentro dos clãs estavam muito sujeitos à figura feminina. É o que sugere Júlio de Queiroz: 

"Numa sociedade em que todos os aspectos de aumento, tanto em quantidade material quanto em acréscimo familiar, tinham que passar pelo crivo do julgamento da mulher, a aceitação de um novo membro na família era, nessa época distante, exclusivamente decidida pela mulher. Até mesmo línguas de culturas já integradas no período histórico guardaram lembrança dessa autoridade feminina. No latim arcaico monium significa estado, assunto de (alguém). Daí matrimonium = assunto da mãe”.

Nenhum comentário: