quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Dt 30,19-20, uma leitura

O texto pertence a um conjunto maior. É um chamado de tenção a Israel para que se comporte bem na terra onde vai entrar. Um dos temas mais interessantes deste conjunto é a liberdade humana para se fazer uma opção diante das propostas divinas.

O Senhor apresenta (30,15) a vida e a morte, felicidade e infelicidade. O critério para a escolha parte do coração humano, indicado por um verbo muito caro ao AT: ouvir (30,16). O perigo está perto porque o não ouvir caracteriza o desvio do coração (30,17);

“Se teu coração virar para outro lado” Dt 30,17. O sentido é muito profundo.

O v. 19 apresenta os pares de modo muito bonito: céu e terra (criação inteira como testemunha, como que observando a escolha do ser humano); vida e morte (existência humana); benção e maldição (aquilo que vem de Deus). A escolha certa traz vida e descendência.

O v.20 apresenta novos critérios de 3 em 3:

Amar- obedecer – apegar / vida – dias habitação / Abraão – Isaac e Jacó

-->qb;D' (d¹baq): Ideia de coisas físicas que se grudam umas as outras (30,20); o homem deixa o pai e a mãe e se apega à sua esposa (Gn 2,24); significa fazer de tudo para ficar perto de Deus;

Nenhum comentário: