domingo, 11 de maio de 2014

Mães

Por acaso uma mulher se esquecerá da sua criancinha de peito? Não se compadecerá ela do filho do seu ventre? Ainda que as mulheres se esquecessem eu não me esqueceria de ti. 

(Is 49,15)

Nenhum comentário: