quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

In Testimonium de Lumine (Jo 1,8b)

Quando falta, exatamente, um mês para a Ordenação Episcopal, quis escrever essa reflexão. A Palavra escolhida pelo Mons. João Justino, como lema espiscopal, ecoa em nossos ouvidos com uma riqueza muito grande de singularidades. A expressão literal “Em Testemunho da Luz” está situada no conhecido prólogo joanino (Jo 1,1-18), iluminando não só as primeiras páginas do Evangelho como fazendo refletir em todo ele o seu fulgor. Irradia, ainda, uma profunda teologia na qual se fundamenta o Novo Testamento e a viva Tradição da Igreja. 

A escolha de tal Palavra não passa despercebida uma vez que evidencia uma particular triangulação de nomes. Algo a que chamo de trinomia joanina, isto é, Mons. João escolhe, do Evangelho de São João, uma palavra sobre João, o batista. Essa feliz coincidência coloca o novo Bispo numa trilha que o aproxima do grande profeta Jeremias que, desde o ventre materno, é chamado divinamente para seu ministério. Ao ser investido do terceiro grau da Ordem Sacerdotal, Mons. João Justino é, mais uma vez, vocacionado a seguir os passos do Bom Pastor. É oportuno, então, recuperar uma parte do conjunto do texto, numa tradução pessoal e livre: 

Houve um homem enviado da parte de Deus. Seu nome: João. Este veio para testemunho, para que testemunhasse acerca da luz, para que todos cressem por meio dele. Não era, ele, a luz, mas para que testemunhasse acerca da luz” (Jo 1,6-8). 

Breve recorte de riqueza incomparável, como já disse. Nota-se que a palavra escolhida se repete em ambos os versículos citados, evidenciando um paralelismo que realça tanto a importância do Batista quanto sua subordinação a Jesus (Luz). Assim, Testemunho, Luz e Fé são palavras caras à teologia joanina que reaparecerão em lugares significativos do seu Evangelho. É assim que, aos nossos olhos, o texto ganha uma nova e viva atualização: eis que um novo João se levanta, ao chamado do Senhor, para ser Sua testemunha. 

Essa Palavra, presente no início do Evangelho, não deixa de nos provocar no sentido de pensarmos, também, no início do ministério episcopal de Dom João Justino. É como se, a partir desta inaugural inspiração do apóstolo, o novo Bispo fosse convidado, também, a iniciar o seu próprio evangelho de testemunha. Mas por que estou dizendo “como se”? É isso, verdadeiramente, o que se passa e é admirável aos nossos olhos!

É nessa mesma direção que recordo as palavras do saudoso exegeta Xavier Léon-Dufour. Ele havia sugerido que o quarto evangelho tem uma dinâmica toda especial a partir da luz. Para ele, a primeira parte do Evangelho (1-12) nos coloca em plena luz do dia, enquanto que, na segunda (13-21), o leitor ingressa na noite. É oportuno, no entanto, lembrar que antes que o Evangelho termine Jesus aparece, de manhã, na praia. É o novo dia, o dia da Páscoa eterna. Uma manhã ressurrecional. Uma Nova Luz. 

Claro está que, no ministério de Dom João, não estão excluídas as trevas. Mais forte, no entanto, é a claridade da verdadeira luz (Jo 1,9). Aquela que resplandece sobre todo homem. Claro está, também, que é essa luz que Dom João testemunhará. É nela que seguirá e só nela se inspirará. Uma sábia escolha! Um lema que adere à sua vida como suas vestes ao seu corpo.

Leia mais sobre sua eleição aqui!

5 comentários:

Anônimo disse...

hummmmm..... puxa vida

Gislene Danielski, fdz disse...

Fico muito feliz com a escolha de Mons. João Justino. Acredito fortemente que nossa Igreja necessita de homens e mulheres capazes de testemunhar a verdadeira LUZ, e assim despertar no coração da humanidade a resposta ao contínuo chamado de Deus!
Gislene Danielski, FDZ

Leonardo Loures disse...

Bela reflexão Altamir, gostaria de pedir autorização da mesma para a publicação no site do Seminário.

A. ANDRADE disse...

Sem dúvida Leonardo. Pode ser publicada sim!

Att

A. Andrade

Anônimo disse...

Ms. João Justino: o horizonte belo nos revela De quem emana o Sol do Oriente a nos iluminar! Espero que o ministério assumido se realize com ternura e discernimento. Abraço. Carlos Rafael.