quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Sentados e em pé no Evangelho de São Marcos



1. katemai
indica estar sentado, sentar (lá, ali), estar entronizado, estar, viver, residir. Abaixo situo algumas ocorrências do mesmo no Evangelho de Marcos para confrontá-lo com outros gestos no mesmo livro a fim de tecer alguns comentários.

Este verbo e seus derivados aparece 11 vezes no evangelho: 2,6 (os escribas); 2,14 (Levi); 3,32 (Multidão); 3,34 (Multidão os que estavam sentados); 4,1 (Jesus); 5,15 (Endemoninhado); 10,46 (Bartimeu); 12,36 (Citação do Salmo 110); 13,3 (Jesus); 14,62 (filho do Homem); 16,5 (Jovem de branco). Note-se que em alguns casos o sentar-se aparece em situação negativa (escribas e multidão que recebem olhares reprovadores de Jesus). Em outros casos parece indicar situação de acomodação estática da qual é necessário sair, mudar de vida (Levi na coletoria de impostos, o cego Bartimeu e o endemoninhado). Quando se refere a Jesus aponta-o como mestre (13,3) e Filho do homem glorioso. A última alusão é solene e conta a ressurreição do Senhor pelo jovem de branco.

2. Diegeiro é o verbo para levantar, despertar. Ele ocorre em 4,39 somente com referência a Jesus. Mas existe um outro muito presente nos relatos de cura: egeiro. Este é bem mais comum. A primeira ocorrência deste e é em Mc 2,31 (sogra de Pedro). Depois reaparece em: 2,9.11.12 (paralítico); 3,3 (homem da mão seca); 4,27 (homem que dorme e acorda); 4,38 (acordam Jesus); 5,41 (filha de Jairo); 6,14.16 (João Batista Ressuscitado); 9,27 (o menino epilético. Aqui é usado outro verbo junto com egeiro: anistemí); 10,49 (Bartimeu); 12,26 (mortos que ressurgem); 13,8 (nação contra nação); 13, 22 (falsos messias); 14,28 (Jesus Ressuscitado); 14,42 (discípulos); 16,6.14 (Jesus Ressuscitado). Note-se que já bem antes do meio do Evangelho o verbo passa a ser usado no sentido de ressurreição.

3. Anistemi: Este verbo aparece em: 1,35 (Jesus); 2,14 (Levi); 3,26 (Satanás); 5,42 (filha de Jairo - note-se que Jesus dá a ordem com um verbo e o texto indica o resultado com outro); 7,24 (Jesus); 8,31 (ressuscitar); 9,9.10 (ressuscitar); 9,27 (o menino epilético); 9,31 (ressuscitar); 10,1 (Jesus, como em 7,24); 10,34; 12,23.25 (ressuscitar); 14,57 (falso testemunho); 14,60 (sumo sacerdote); 16,9 (ressuscitar). Observe-se que das 17 ocorrências do verbo, 8 vezes indica ressurreição. Esta quase metade das ocorrências com esta referência é muito instigadora dentro do segundo evangelho. É como se para cada uma destas atitudes correspondesse uma alusão à ressurreição de Jesus que se levanta de entre os mortos.


Nenhum comentário: