quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Dez mandamentos


Dez mandamentos para uma boa monografia teológica



1⁰ Terás sempre em mão uma pen-drive, CDs e e-mail, bem como a técnica de domesticá-los.

2⁰ Terás como teus irmãos o método e a disciplina. Sobre eles meditarás em pé em tua casa, andando em teus caminhos ou deitado em teu quarto.

3⁰ Dominarás o Latim ao menos para citar corretamente os documentos eclesiais.

4⁰ Deverás sempre cultivar a amizade com o (a) orientador (a) e comunicá-lo de todas as tuas intenções de mudanças, sejam estas de uma letra ou de uma palavra.

5⁰ Não copiarás.

6⁰ Anotarás todas as idéias que te assomarem à mente porque a mais insignificante no momento poderá ser aquela que te premiará com sete páginas de teu trabalho.

7⁰ Recorda teu coração de que a Palavra do Senhor é viva, eficaz e mui merecedora de respeito. Por isso deverás usar uma edição recente da Bíblia com uma tradução que goze de idoneidade nos estudos teológicos.

8⁰ Jamais deverás ler qualquer texto sem anotar suas referências bibliográficas, pois eis que virão noites em que perderás o sono por causa de uma única página de um livro ou do número de um periódico.

9⁰ Cuide bem de teus “control-c” e “control-v”, eles são responsáveis por perdas irreparáveis e excessos inexplicáveis.

10⁰ Quando chegares à terra que o Senhor te prometeu, não endureças teu coração e lembra-te daqueles (as) que te acompanharam pelo deserto.

Se seguires estes preceitos sem te desviares para a esquerda ou para a direita, encontrarás à tua frente uma banca feliz e compassiva.

Orientação

Um comentário:

Seu Jayme disse...

Pois é. Para mim que ainda me faltam estas 70 laudas preciosas, pequei contra dois mandamentos bem prazeirosos: o sexto e o oitavo. Agora a Inês é morta. Vou pagar caro, correndo atrás do prejuízo...abç e até