sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Bíblia e História



Os escritores bíblicos não estão preocupados em preservar dados históricos. Daí nossa grande dificuldade em chegar a certas fontes que são omitidas. Não existe o propósito de glorificação de seus reis e governantes com monumentos e comemorações como era comum no Egito e na Babilônia. Da mesma forma, os eventos políticos e sociais contemporâneos dos tempos de Israel são mencionados com escassez.

Quando se narra as ações e fatos de Israel, a preocupação está em demonstrar a ação de Deus no meio do povo. Mostram como Deus agiu em sua defesa. É aí que os escritores descrevem com detalhes alguns personagens principais, suas atitudes e proezas. Não é a glória destes homens que são descritas em primeiro plano, mas sua importância para a vida religiosa de Israel. Mais que os fatos dos homens, são os feitos de Deus que constituem a primeira preocupação dos narradores bíblicos.

Nenhum comentário: